sábado, 29 de maio de 2010

Hentai - informaçoes e imagens







Hentai (em japonês: 変態 ou へんたい?) é uma palavra japonesa que, nos países ocidentais, é usado para se referir, em especial, à pornografia nos estilos japoneses de desenho (anime e mangá). No Oriente, a palavra hentai significa metamorfose, pornografia ou perversão sexual; nunca é usado para referir a atividade sexual "normal", nem qualquer entretenimento de sexo explícito (vale lembrar que as palavras têm impacto diferente, se uma japonesa chama um amigo de hentai, é equivalente a tarado, ou pervertido, sem uma conotação suja e doentia).[1] Os termos 18-kin (18?, literalmente "18-proibido"), que significa "proibido a menores de 18 anos", e seijin manga (????, "manga para adultos" ) são usados pelos japoneses nesse sentido.[1] Outro termo utilizado para hentai no oriente é H-mangá (H??, pronúncia: /'e?t?m???g?/).
Acredita-se que o hentai seja inspirado em formas de arte erótica que já existem no Japão desde o Período Edo, que ocorreu de 1600 a 1867. Naquela época, eram comuns gravuras tradicionais, conhecidas como ukiyo-e, que versavam todos os temas, inclusive o sexo e a nudez.

Pensamentos e reflexões

"Passar do senso comum a consciencia filosófica
significa passar de uma concepçao fragmentária, incoerente,
desarticulada, implicíta, degradada, mecanica, passiva e
simplista a uma concepçao unitária, coerente, articulada,
explicita, original, intencional, ativa e articulada." (Demerval saviani)

A busca da verdade

"Deve-se exigir de mim que busque a
verdade, mas nao que a encontre." (Diderot)

"Nao exagere o cueto da verdade, nao há homem que ao fim
de um dia nao tenha mentido com razao muitas vezes." (Jorge Luiz Borges)

a busca por uma verdade universalmente válida é um
dos motores do pensamento filosófico.

"O homem é a medida de todas as coisas."
"as coisas parecem e sao de um jeito para uma pessoa e
de outro jeito para outra pessoa."

"A sociedade contemporanea é uma sociedade de
aparencia ou da essencia? Por que?

"...Nao é a consciencia dos homens que determina a sua
existencia, é, pelo contrário, a sua existencia que determina a sua existencia."

"...esquecenco ou ignorando a origem social das idéias e seu próprio trabalho para criá-las, acreditam que as idéias existem em sim e por si mesmas, criam a realidade e a controlam, dirigem e dominam.pouco a pouco, passam a acreditar que as idéias se produzem umas as outras, sao causas e efeitos umas das outras e que somos apenas receptáculos delas ou instrumentos delas. As ideias se tornam separadas de seus atores, transcedentes a eles: tornam-se um do outro." (Marilena Chauí)

sexta-feira, 28 de maio de 2010

A escultura




No gótico, a escultura vai assumindo uma autonomia própria, relativamente á arquitetura e a esta se subordina muito menos que a escultura romanica. A escultura se faz vivaz e serena, livre da preocupaçao da monstruoso e do terrífico. É mais sincera e humana. As esculturas das catedrais góticas sao demasiadamente numerosas para terem sido excutadas por um só homem, daí o resultado diferente nas suas realizaçoes, a escultura gótica é sobretudo sacra. É rigida por um código muito rígido para qualquer figura.

A decoraçaos dos vitrais

Na igreja gótica, a verdadeira pintura é a dos vitrais. A pintura ornamental subsiste,no entanto,nos capitéis, pilares e abóbadas.

Conclusao

Á medida que o arquitetonico gótico tornava-se mais requintadamente exato no cálculo de tensao e resistencia, pressao e distençao, os pilares maciços do interior romanico eram substituidos por grupos de colunetas; as paredes espessas abriam-se em imensas janelas e as abóbadas e torres subiam cada vez mais. Onde o romanico se mostrara sólido, fechado e triste, o gótico se mostrava gracioso, ininterruptamente espaçosos, maravilhosamente pleno na luz.
Somente com os grandes arranha-céus do século XX pôde a arquitetura realizar façanhas que se pudesse comparar á dos extraordinarios arquitetos góticos.

A arquitetura




A arte gótica desenvolveu-se a partir da romanica, mais é ousada e tem como caracteristica o arco em ogiva. Mas a verdade é que, se este elemento é fundamental no estilo gótico, aparece também em outros estilos. Embora sua manisfestaçao mais pura e típica seja a catedral, a arquitetura gótica nao é sinonimo de edificio religioso e tem, mais que a romanica, um vasto raio de realizaçoes: capelas, conjuntos abaciais, mercados, sedes de corporaçoes, casas e palácios particulares, fortalezas, muralhas de defesa, palácios públicos, batistéricos, hospitais e castelos.
A catedral

A catedral tornou-se o centro da cidade e todos contribuíam para a sau construçao, uma cidade rivalizando-se com a outra.
A construçao de uma catedral podia demorar,ás vezes,apenas a vida de uma geraçao,mas usualmente demorava a de várias.

A arte gótica - Conceito





"...as novas condiçoes de vida do fim do século XII desempenharam um papel determinante.Na França, a autoridade rela centralizadora tornou-se pouco a pouco mais poderosa.O sistema feudal nao tinha desaparecido,mas os grandes vassalos já nao eram tao independentes como no séculoXI.A criaçao de cidades importamtes, favorecidas pelos reis,modificou a estrutura da sociedade.No principio do século XIII, a França de Felipe augusto atingiu uma unidade desconhecida até entao,e esse esforço de centralizaçao foi continuado apesar das guerras e das crises politicas.Por outro lado os meios de comunicaçao melhoraram lentamente, permitindo por toda a parte um maior conhecimento das provincias vizinhas e das suas atividades. Essas transformaçoes favoreceram mais a elaboraçao de um estilo gótico frances do que de um estilo normando ou de um estilo provençal individualizados."

(História Mundial da Arte.Portugal,Livraria Bertrand,1997.)

continuaçao do conceito da arte gótica




Para muitos, falar em arte medieval é falar em arte gótica. Esta concepçao, que ignora as artes bizantina e romanica, é em parte justificável pelo fato de a arte gótica ser a mais espetacular da Idade Média.
A arte gótica foi apreciada de maneiras diferentes,consoante as épocas.Durante os séculos em que foi "moderna", era conhecida pelo nome de "obra francesa", termo que evoca sua principal origem.

Caracteristicas da arte gótica

Em geral, o gótico é mais homogeneo do que o romanico. Apesar de ser diferente na França, Inglaterra, Espanha e Itália e apresentar certas diversidades regionais dentro de cada país, essas variaçoes sao menores se comparadas com as que existem na arquitetura e escultura romanicas. Portanto, o gótico mostra uma substancial unidade. A catedral gótica tanto representava a obra da cidade e das operosas artes que a vida urbana suscitava, quanto fora a igreja romanica e a criaçao das comunidades rurais com as tranquilas artes dos monges e de seus auxiliares camponeses. Assim, enquanto a igreja tomara seus cargo a arte romanica, a arte gótica nasceu com as cidades.

O Castelo de Lobo

             Boa tarde gente bonita .... Maratona de livros dessa semana , mas para não fazer uma postagem muito grande, vou divid...